Concurso público ou advocacia privada: o que é melhor?

Concurso público ou advocacia privada

Antes de ingressar na graduação de Direito já se imagina qual será a carreira jurídica que seguirá. Ou seja, exercer a profissão por concurso público ou advocacia privada. E essa é a grande vantagem desta graduação, pois são inúmeras as opções de carreiras profissionais.

Desde já, vale enfatizar que para todas as opções é necessário estudo, disciplina e dedicação, tanto para ingressar na carreira quanto no exercício da função.

Isso porque no Direito o estudo deve ser contínuo. E é importante ter em mente antes mesmo de ingressar nessa graduação.

Concurso público

Para o exercício da graduação em Direito no serviço público, primeiro você deverá passar em um concurso público. E existem vários cargos para os advogados e bacharéis em Direito, como, por exemplo:

  • Juiz de Direito;
  • Desembargador;
  • Delegado de Polícia;
  • Promotor Público;
  • Defensor Público;
  • Advogado da União;
  • Procurador do Estado;
  • Procurador do Banco Central;
  • Professor;
  • Consultor Legislativo.

Nesses casos, como você sabe, passar em um concurso público lhe garante estabilidade no cargo. Mas deve passar por um rigoroso processo de provas classificatórias. 

Ainda, para cada profissão existem provas diferentes, conforme a especificidade de cada cargo.

Advocacia Privada

Devido aos inúmeros problemas no cotidiano das pessoas, ao crescimento das empresas e à necessidade de um departamento jurídico para lhe assessorar, a advocacia privada tem se tornado uma das carreiras mais promissoras para advogados. 

E, até mesmo, aos bacharéis em Direito, também existem ótimos cargos no mercado de trabalho privado.

Isso quer dizer que nas carreiras em Direito existem duas formas de atuação: jurídica e administrativa, diferenciando-se pela exigência da inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Na advocacia privada, você pode optar trabalhar de maneira autônoma, ou seja, sem um salário fixo. Assim, quanto maior a qualidade e a quantidade de serviços, maiores serão seus ganhos. 

Por oportuno, vale ressaltar que existe uma tabela oficial de honorários advocatícios, da própria OAB, a qual pode se basear para cobrar pelos seus trabalhos.

Ao contrário, se você prefere um salário fixo mensal, trabalhar no jurídico de empresas pode ser uma ótima escolha de carreira jurídica. 

Não existe uma denominação específica para os cargos jurídicos, vai depender da política de cargos e salários das empresas, sobretudo pela especialização do profissional.

Comumente, no mercado de trabalho corporativo, os cargos disponíveis são:

  • Auxiliar;
  • Assistente;
  • Analista;
  • Supervisor ou Coordenador;
  • Diretor.

Vantagens e desvantagens: concurso público e advocacia privada

Primeiramente, a escolha entre concurso público ou advocacia privada vai depender de qual é o seu perfil profissional e objetivo de vida, pessoal ou financeiro.

Muito se vê que a escolha unicamente pelo dinheiro acaba tornando o trabalho um sacrifício, não um prazer. Afinal, trabalhe para viver, não viva para trabalhar.

Mas vamos ao que lhe trouxe até este artigo. Além das características que mostrei até aqui, confira abaixo as vantagens e desvantagens para sua escolha entre concurso público e advocacia privada.

Vantagens e desvantagens do concurso público

Antecipadamente, se entre concurso público ou advocacia privada, escolher ser servidor público, tenha em mente que o principal objetivo é o suporte à população, para proteção dos seus interesses públicos e coletivos. Esta é a primeira diferença entre carreira pública ou privada.

Dentre as vantagens do concurso público está a estabilidade do cargo, as suas atribuições e os salários. 

Ao voltar aos exemplos de servidores públicos do Direito, para o cargo de juiz, além da função social e a responsabilidade atinente ao cargo, esta é uma das profissões mais bem remuneradas do país. 

Neste exemplo, além do salário de cerca de R$ 30 mil, um juiz recebe inúmeros benefícios, como auxílio-moradia, auxílio para despesas médicas, verbas para compra de livros, auxílio-transporte, dentre outros. 

Somando salário e benefícios, um juiz chega a receber o mensal em torno de R$ 100 mil.

Quanto às desvantagens está a limitação salarial, pois a ascensão depende do tempo de carreira e eventuais promoções que podem ocorrer, a depender do cargo. 

Além disso, na maioria dos cargos públicos você deve ter dedicação exclusiva, isso quer dizer que, ainda que tenha oportunidades de atuar em processos judiciais, fica impedido. 

Também, sendo servidor público, não poderá escolher o trabalho que atuará, isso também poderá levá-lo a trabalhar mais pela mesma remuneração.

Porém, se tiver problemas no concurso público, recomendo que fale com advogado especialista nessa área.

Vantagens e desvantagens da advocacia privada

Para aqueles que possuem o perfil de encarar sempre novos desafios, entre concurso público ou advocacia privada, esta última é a que provavelmente lhe “cairá bem”. 

Você será remunerado pelos clientes que conseguir e pela qualidade do seu trabalho. Ou seja, seus proventos irão advir de seus resultados profissionais.

Como toda e qualquer profissão, sobretudo as realizadas de forma autônoma, o começo não é fácil, envolve a conquista de uma clientela e remunerações abaixo do mercado. 

Na advocacia privada não diferiria, ou seja, é comum que advogados de início de carreira não sejam bem pagos. 

Todavia, em consequência da qualidade dos seus serviços, os ganhos crescem gradativamente. E o próprio escritório de advocacia acaba sendo uma referência, com uma gama de clientes que pagam bem pelos serviços prestados. 

Fato este que, comumente, leva o profissional a ter grandes retornos financeiros, muitas vezes superiores aos recebimentos, por exemplo, de um juiz.

A principal desvantagem é a concorrência, tanto se você pretende um cargo corporativo ou se quer ser autônomo. 

Embora existam muitas oportunidades, para que você consiga uma boa colocação no mercado, deve estudar constantemente, com especializações na área de sua atuação.

Além disso, você deve ter um bom planejamento de suas finanças, tendo em vista que não terá um salário fixo todo mês, gerando certa instabilidade financeira. Pode ser, ainda, que no começo você não consiga nem sequer suprir os seus gastos mensais.

Portanto, escolher entre concurso público ou advocacia privada é uma decisão importante para sua carreira profissional. 

Mas vale o conselho, não é uma escolha definitiva e você poderá mudar, pois as opções para os profissionais do Direito são imensas, conforme já mostrei anteriormente. 

Basta que você estude, seja focado e sempre se mantenha atualizado, com isso, oportunidades de trabalho nunca irão lhe faltar. Boa sorte!

Agnaldo Bastos
Agnaldo Bastos

Advogado especialista em ajudar candidatos de concursos públicos que sofrem injustiças e, também, servidores públicos perante atos ilegais praticados pela Administração Pública, atuando em Processo Administrativo Disciplinar (PAD) e em Ações de Ato de Improbidade Administrativa.

Artigos Relacionados

Descubra novos conteúdos relevantes para você!

Clique aqui para receber conteúdos exclusivos e fique por dentro dos melhores assuntos sobre concursos públicos e direitos dos candidatos.

Acesse nossas Redes Sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos

Pesquisar

Pesquisar

Últimos Artigos

Você quer falar com um Advogado Especialista sobre seu caso?

Clique no botão abaixo para você enviar sua situação e seja atendido pela equipe do escritório Agnaldo Bastos Advocacia Especializada. Informe seus dados corretamente caso deseje contato de um especialista em concurso público, servidor público e direito militar.

Receba nossos informativo pelo celular.

Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa Política de Privacidade, por isso convidamos você a conhecê-la: Política de Privacidade

Seja bem-vindo, ao navegar em nosso site você concorda com a nossa Política de Privacidade, por isso convidamos você a conhecê-la: Política de Privacidade
Cadastre-se para receber nossos informativos gratuitamente.