O que estudar enquanto o edital do concurso não sai?

O que estudar enquanto o edital do concurso não sai?

Muitos concurseiros ficam com dúvidas sobre o que estudar enquanto o edital do concurso não sai

Por isso, neste artigo vou fornecer um guia completo para que o tempo de estudo seja otimizado enquanto o edital não sai. Confira.

É melhor estudar antes ou depois do edital?

Visto que a concorrência em todos os concursos é alta, isso torna cada dia de estudo decisivo para a conquista ou não do cargo. 

Então, você deve estudar quanto antes e o máximo possível, mesmo que faltem anos para a abertura do edital.

Porém, isso não significa estudar sobre tudo 100% do tempo, pelo contrário, toda energia e foco devem ser pensados de forma estratégica.

Esperar o edital sair para iniciar os estudos é um erro comum entre os concurseiros de primeira viagem. 

No entanto, quem já está há mais tempo nessa jornada, sabe que cada dia conta. 

Por isso, preparei este artigo com as melhores dicas para você alcançar o seu sonho.

O que estudar enquanto o edital do concurso não sai?

São diversas áreas de concursos públicos no âmbito jurídico. No entanto, por se tratar da mesma esfera, muitas matérias se repetem em vários certames. 

Por isso, trouxe as principais matérias para que você se prepare para o seu plano de estudos jurídicos de maneira assertiva.

Direitos:

  • Administrativo;
  • Tributário;
  • Civil;
  • Penal;
  • Processual Civil;
  • Ambiental;
  • Trabalho;
  • Constitucional;
  • Direitos Humanos e Internacional.

Além disso, foque também em:

  • Português;
  • Matemática e Raciocínio Lógico;
  • Informática;
  • Assuntos da atualidade.

Dentro de todos os tópicos, vale dizer que o Direito Constitucional merece tempo e atenção especial. Isso porque ele é muito recorrente em diversos tipos de certames e áreas.

Como fazer um plano de estudo para concurso?

Com base em todas as informações que daremos aqui, o ideal é que você monte um cronograma de estudos. Isso porque, com base nas informações a seguir, você saberá o que estudar, o porquê e a importância.

Se preciso, crie uma tabela organizada com o tempo que falta até o edital e as matérias organizadas conforme a relevância. Além disso, dê mais tempo de estudo para as matérias mais importantes.

Você também pode usar aplicativos para manter os estudos organizados, planners prontos, planilhas impressas, softwares, etc.

Analise o último edital

Não há forma melhor de saber o que estudar enquanto o edital do concurso não sai do que analisar o edital do último concurso. Nele você verá quais matérias são cobradas, a linguagem, estrutura das questões, etc.

Nesse momento, o mais importante é saber quais as matérias são cobradas. Isso porque, segundo especialistas, cerca de 20% do conteúdo muda de um concurso para o outro, mas isso ocorre com as matérias menores e menos importantes.

Outro ponto muito importante para se preparar é saber a duração da prova, o valor da taxa de inscrição e a isenção. Detalhes como esses te ajudam a se organizar e a evitar surpresas.

Conteúdo atualizado

Usar o edital anterior é a melhor opção, no entanto, pode acontecer de um concurso demorar 5 ou 10 anos para abrir novamente. 

Nesse caso, os conteúdos podem estar defasados, mas as matérias não. Por isso, você pode pegar as matérias e os assuntos, e buscar os conteúdos atuais sobre.

Foque nas disciplinas básicas

Primeiro o mais importante. Essa regra de ouro também vale para o seu plano de estudos. Matérias como matemática e português são muito cobradas em quase todos os certames. 

Por isso, pense o seu cronograma de estudos como uma pirâmide em que na base devem conter mais horas e mais assuntos sobre essas matérias.

Provas anteriores

Editais anteriores dispõem de gabaritos e simulados. Desse modo, você pode e deve usá-los ao seu favor. Use esses simulados para medir o tempo, se adaptar à estrutura da prova e melhorar a grade de estudos.

Caso a prova anterior tenha sido aplicada por outra banca, estude-a mesmo que seja diferente. Ela ainda pode ajudar.

Outra pista de ouro para se adiantar nos estudos é que os concursos municipais e estaduais, em geral, são aplicados por bancas locais. Dessa forma, você ganha uma vantagem em saber de antemão para estudá-la.

Editais muito antigos

Nesse caso, você pode buscar por matérias cobradas em editais parecidos, para os mesmos cargos, bem como conteúdo atual sobre os temas.

Em caso de matérias excluídas, deixe-as para depois por dois motivos: as chances delas não serem cobradas são grandes e também porque, após a divulgação do edital, você terá tempo de estudá-las. Por isso, foque nas matérias cobradas.

Dessa forma, você não perde tempo e foca nas matérias mais importantes. Isso tudo te ajuda a otimizar tempo e qualidade de estudos.

Devo estudar as disciplinas que não caíram no último edital?

Sim. Se você já possui um alto domínio sobre os temas cobrados no último edital, pode sim complementar seus estudos com temas menos cobrados e prováveis.

No entanto, não foque sua atenção total nelas em detrimento das matérias mais importantes.

Lembre-se sempre da regra: primeiro o mais importante. Isso porque as matérias mais cobradas, abrangem uma quantidade maior de questões e, assim, de pontos. 

Isso te dará também mais segurança para realizar a prova e mais chances de aprovação também.

Dica para estudar para concurso jurídico

Só quem passa pela adrenalina da concorrência e o tempo de espera para a prova sabe o que é ser concurseiro. 

Por isso, para driblar a grande concorrência, você deve se dedicar mais do que imagina que os seus adversários estão.

Portanto, usar apostilas direcionadas para o seu concurso, conhecer a banca e estudar sobre a vaga o ajudará a sair na frente. 

Além disso, se possível, participe de cursinhos específicos. Isso porque eles oferecem ensino atualizado e focado, o que te ajuda a sair na frente da concorrência.

O sonho de muitos alunos da área do direito é conquistar um bom cargo público e, com ele, a estabilidade financeira. 

No entanto, essa é uma conquista com alto nível de dificuldade devido à concorrência e ao nível de conhecimento cobrado na prova.

Vale dizer ainda que os editais podem demorar anos para reabrir. Por essa razão, uma ótima dica é participar de concursos em outros estados e cidades.

Isso se você considerar se mudar ou trabalhar de forma remota. Todos esses fatores aumentarão as suas chances e te darão também mais experiência no assunto.

Vale dizer também que muitos não são aprovados de primeira e isso é normal. Foque no objetivo, aprimore seus conhecimentos e estudos, e aumente as suas chances a cada tentativa.

Bons estudos e boa sorte na prova!

Agnaldo Bastos
Agnaldo Bastos

Advogado especialista em ajudar candidatos de concursos públicos que sofrem injustiças e, também, servidores públicos perante atos ilegais praticados pela Administração Pública, atuando em Processo Administrativo Disciplinar (PAD) e em Ações de Ato de Improbidade Administrativa.

Leia mais artigos

Acompanhe nossas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nossos informativos no seu celular

Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa Política de Privacidade, por isso convidamos você a conhecê-la: Política de Privacidade

Seja bem-vindo(a)! Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa Política de Privacidade, por isso convidamos você a conhecê-la: acesse aqui.

Cadastre-se para receber nossos informativos gratuitamente.