Teste de Aptidão Física – TAF: conheça as regras e veja dicas essenciais para se preparar

Teste de Aptidão Física – TAF: veja regras e dicas de preparação

Em muitos concursos, especialmente naqueles para carreiras policiais, após a prova teórica é exigido o Teste de Aptidão Física – TAF para a aprovação final do candidato.

Porém, os concurseiros têm grande dificuldade nessa parte da avaliação, pois priorizam tanto o aprendizado teórico e deixam de lado esse preparo que também é muito importante.

No entanto, o período ideal para começar o treinamento físico é de 6 meses antes da avaliação, sendo o mínimo de 3 meses. Porém, tudo vai depender do candidato, sua disponibilidade e aptidão.

Tendo em vista a dificuldade em se preparar para essa modalidade de prova prática de concurso público, listei 6 dicas que podem lhe ajudar no preparo para o Teste de Aptidão Física – TAF, sem renunciar sua saúde e qualidade de vida.

Entenda o que é o Teste de Aptidão Física

O TAF tem objetivo classificatório e eliminatório. É a fase de avaliação da sua capacidade física, através de exercícios determinados e realizados dentro dos parâmetros da banca examinadora.

Os testes físicos são comuns em concursos para Polícia Militar, Polícia Civil e Rodoviária Federal, Bombeiro, agente de trânsito, guarda municipal e demais áreas que não são classificadas como burocráticas.

Enfim, essa fase é prevista nos cargos que exigem aptidão do candidato no exercício das funções almejadas. Portanto, geralmente ela é aguardada e preparada com rigor.

Sempre devem estar previstos no edital, assim como todas as exigências e condições do teste. Dessa forma, são evitadas exigências desproporcionais, infundadas e inesperadas, garantindo transparência ao processo.

Afinal, qualquer omissão ou desproporcionalidade deve ser corrigida por aplicação de recurso administrativo, assim como por medidas judiciais, se necessário.

De modo geral, durante os testes físicos são exigidos exercícios de natação, barra fixa, abdominal, flexão, corridas e exercícios habituais cronometrados. Portanto, é fundamental ter conhecimento sobre o TAF da sua área para se preparar de forma antecipada.

Contudo, na maioria das vezes, as condições biológicas são consideradas. Ou seja, há distinção dos exercícios cobrados aos homens comparados aos exercícios cobrados das mulheres.

Frequentemente, o TAF é mais brando para as mulheres. Porém, não é uma regra. No entanto, a prova física sempre deve ser aplicada em circunstâncias igualitárias e justas.

Porém, como eu disse, a avaliação é feita por uma banca examinadora. Logo, é passível de erros, da mesma forma que ocorre em provas objetivas e discursivas do concurso público.

Portanto, para evitar possíveis injustiças, saiba que você tem direito de ter o seu teste de aptidão física filmado. Posteriormente, também tem direito ao acesso à filmagem do TAF.

Dicas valiosas para a aprovação no Teste de Aptidão Física – TAF

Lembre-se que é importante se preparar para o Teste de Aptidão Física – TAF ao longo de vários meses. Isso porque o condicionamento físico é algo que deve ser conquistado com treinos diários. Por isso, vai exigir tempo e esforço.

Assim, você já deve ter um certo nível de condicionamento para que, quando o dia da prova se aproximar, os treinos sejam intensificados. 

Veja agora 6 dicas essenciais para se preparar para o teste de aptidão física – TAF:

1 – Procure um médico especialista

Um dos maiores problemas das preparações para o teste de aptidão física é a falta de auxílio médico especializado nesse processo. 

Por mais que você esteja preparado em relação à saúde para o teste, é preciso consultar um médico que aplique técnicas para os seus treinamentos.

Assim, ele deve recomendar uma dieta e baterias de exercícios com intervalos de tempo que se adequam às suas necessidades específicas. 

Portanto, a consulta regular a um médico é crucial para conciliar a qualidade da sua saúde com a quantidade de exercícios.  

2 – Procure um profissional de educação física

Busque um profissional com experiência em treinamento esportivo de alto rendimento. De todas as dicas, essa deve ser uma das principais.

Isso porque o profissional da área é de extrema importância para avaliar os treinos, ajustar posições e cargas, trocar os exercícios conforme qual for de maior relevância, além de avaliar o desempenho, dentre outros.

3 – Alongamento e aquecimento

Antes de começar os treinos para o teste de aptidão física, é muito importante se aquecer. 

Esses aquecimentos serão responsáveis por estirar  os músculos que possam estar atrofiados. Além disso, ajudarão a não ficar com nenhuma categoria de dor muscular depois do término do treino. 

Da mesma forma, você deve fazer os alongamentos antes e depois dos treinos. 

O tempo de alongamento deve variar de 20 a 30 minutos, e deve ser feito conforme o grau de adaptação da própria pessoa.                                                                                                                                                                                                           

4 – Treine flexões na barra fixa

Uma das partes mais difíceis do teste de aptidão física – TAF é a parte das flexões na barra fixa. O mais importante é treinar diariamente. 

Você pode fazer essas flexões em lugares como praças, parques, praias e academias. 

Em alguns concursos, esse exercício é cobrado apenas ao sexo masculino, enquanto em outros é cobrado a ambos os sexos. 

Por isso, é imprescindível conferir essa informação no edital antes de começar a se preparar para o TAF.

5 – Realize simulações completas

Ao longo de vários meses, após praticar todos os exercícios que serão cobrados pelo TAF, é ideal realizar simulações completas do teste. 

As simulações auxiliam tanto na preparação física quanto mental, e ajudam a cronometrar o tempo preciso de toda a prova.                                                                                                                                                                                                              

6 – Mais calma na semana do TAF

Apesar da preparação para o teste de aptidão física levar vários meses, a semana do teste é a mais crucial de todas.

Nessa última semana, é importante ter mais atenção quanto à sua alimentação, qualidade de sono e até mesmo quantidade de exercícios físicos.

Diminua o ritmo nos últimos dias e evite qualquer atividade excessiva. Além disso, cuide do seu psicológico, fique calmo e concentrado.

Estude tanto para a prova teórica quanto física do concurso público. A determinação é o maior segredo para ser aprovado no TAF.

Por que devo me preparar para o TAF?

Você sabia que o TAF é uma das fases que mais reprova candidatos nos Concursos Públicos?

Muitas vezes, você está estudando para um concurso, dedica boa parte do seu tempo aos estudos, à leitura dos livros, resolvendo questões, assistindo videoaulas.

Mas esquece de cuidar do seu corpo físico e de treinar.

Caso sua pretensão seja um Concurso de Carreira Policial, será exigido de você um TAF.

Sendo assim, é muito importante treinar, fazer exercícios físicos. Atualmente, tem vários profissionais, personal trainer e especialistas em TAF.

Ser conduzido por um profissional, por um especialista que te instrui, te ajuda a fazer um bom teste, melhorar sua performance de forma específica para o Concurso Público pode ser vantajoso para sua aprovação.

Conheça os principais direitos dos candidatos no Teste de Aptidão Física

Todo candidato deve estar atento aos seus direitos quando for realizar a fase de aptidão física. Dentre eles, a pessoa deve ter a prova filmada e o acesso à filmagem, em especial nos casos de eliminação.

Além disso, o TAF deve ser feito nas mesmas condições para todos os candidatos. Assim, a avaliação deve ser razoável e proporcional, de acordo com a situação de cada pessoa. 

Ainda, as grávidas podem realizar o TAF de 30 a 90 dias após a data original do teste. O pedido deve ser feito à banca, com a apresentação dos documentos que comprovem a gravidez.

Fique atenta, pois essa é uma norma prevista na Lei n.º 2.429/19. Por isso, não pode haver a negativa desse pedido. Contudo, caso haja, é possível entrar com Mandado de Segurança através de ação judicial. 

Acesso à filmagem do TAF

A fase do teste físico é indispensável para muitos cargos. Então, exige muita dedicação do candidato. Por consequência, gera muita apreensão pelo resultado.

Porém, é habitual acontecer erros provenientes da banca examinadora. Há muitos casos de candidatos que precisam recorrer de forma administrativa ou na justiça para validar seus direitos.

Nesse sentido, é importante reforçar que é direito seu ter a prova de aptidão física filmada. Logo, é direito seu ter acesso à filmagem da TAF e, até mesmo, uma cópia do registro.

Definitivamente, é uma maneira de identificar se o teste foi aplicado e avaliado conforme as regras do edital. Como mencionei, há casos de eliminação indevida, que podem ser analisados e aprovados pelas filmagens.

Assim, fazendo jus ao princípio condicional da ampla defesa e do contraditório. Dessa forma, esse material pode e deve ser usado para exercer seu direito de defesa, se for necessário.

Há eliminações em concurso público nas quais o motivo da reprovação não fica claro. No entanto, é obrigação da banca apresentar e detalhar os motivos, para você verificar a regularidade da avaliação.

São recorrentes os casos em que a eliminação ocorre por fração de segundos ou por erros. Logo, diante das filmagens, você pode ser amparado pelo princípio da razoabilidade e proporcionalidade para recorrer.

Desse modo, o direito de acesso à filmagem da TAF é relevante. Lembrando que a banca examinadora também pode errar e não examinar de forma regular seu teste.

Contudo, nem sempre as filmagens e as motivações da eliminação são disponibilizadas de forma voluntária. Nesses casos, é necessário recorrer de forma administrativa ou acionar a justiça, pois é um direito seu.

Remarcação do teste físico nos concursos públicos

Para evitar situações de benefícios pessoais, o exame TAF não poderia ser remarcado por nenhuma circunstância adversa. Inclusive esse já foi um assunto do STF em tema de repercussão geral (que se aplica a todos os concurseiros).

Porém, a Justiça já se posicionou a favor da remarcação do exame para uma candidata gestante.

Assim, abriu margem para se discutir o assunto da realização do TAF em data diferente da prevista no edital. Isso demonstra uma flexibilização da decisão anterior em razão da proteção de valores constitucionais.

Regras do TAF devem estar previstas no edital do concurso?

Em geral, as carreiras policiais (Federal, Rodoviária Federal, Legislativa, Civil, Militar e Judiciária), do Corpo de Bombeiro Militar, Forças Armadas, e até para alguns cargos da ABIN (Agência Brasileira de Inteligência), costumam exigir o teste de aptidão Física – TAF.

Assim, após a aprovação na fase teórica, os classificados para o TAF devem comparecer em data, horário e local determinados para realização dos exercícios indicados.

Os exercícios, bem como o padrão mínimo de aprovação, devem estar previstos em edital, até para facilitar o treinamento de quem irá participar.

Os principais exercícios previstos nos editais são testes de barra, flexões e semi flexões, natação, corrida, abdominal, dentre outros. Vale lembrar que tais atividades dependem dos requisitos do concurso e do cargo.

Também é possível verificar as características do organismo da pessoa (isso deve constar em edital), como idade, peso, altura e percentual de gordura.

Com isso, o candidato que não esteja condizente com os padrões mínimos exigidos para o cargo em relação ao teste físico, será considerado “APTO” ou “INAPTO”.

Lembrando que as exigências do TAF devem sempre constar no edital. Caso haja alguma omissão na avaliação, deve haver a correção pelo devido recurso. Se necessário, também devem ser tomadas as medidas judiciais cabíveis.

Além da previsão no edital, as condições do TAF também devem ter previsão legal, até para evitar exigências que sejam desproporcionais ou fora da realidade do cargo.

Eliminação no Teste de Aptidão Física – TAF: entenda o que fazer

Sem dúvidas, ser aprovado no concurso público é o seu foco. Portanto, diminuir as possibilidades de reprovação é fundamental. Assim, ter conhecimento sobre os seus direitos é um dos caminhos.

Como mencionei acima, o teste de aptidão física é uma fase decisiva. Então, os concurseiros se empenham e se preparam muito. No entanto, a banca examinadora também influencia muito no resultado.

Por isso, relembro que há eliminações no TAF fundamentadas em irregularidades no ponto de vista da banca. Por exemplo, possíveis erros no acionamento ou encerramento do cronômetro.

Assim como contagens distorcidas de flexões e abdominais. Enfim, por mais preparada que a banca examinadora seja, ninguém está livre de cometer erros. E no TAF cada segundo a menos ou a mais vale ouro.

Desse modo, o direito de acesso à filmagem do TAF é importante. Afinal, há casos comprovados em que a revisão das filmagens mudou o resultado irregular do teste, aprovando os candidatos.

No entanto, para exercer seu direito de contestar através de recurso administrativo, você precisa ter acesso aos motivos pelos quais você foi eliminado.

Portanto, se a banca for subjetiva na eliminação, estará ferindo o princípio da ampla defesa e contraditório. Assim, esteja sempre de olho no edital para saber como agir se precisar recorrer.

Afinal, todas as fases do concurso público precisam ser transparentes, evitando qualquer prejuízo indevido na sua aprovação. Portanto, saber sobre o seu legítimo acesso à filmagem do TAF é crucial.

Dessa forma, você se dedica, sabendo que não arcará com resultados injustos, pois há meios de contestar. Contudo, se de fato você não atender aos padrões mínimos necessários para o cargo, continuará considerado INAPTO, mesmo recorrendo.

Conclusão

Muitas pessoas ficam apreensivas quando se trata do teste de aptidão física. Contudo, o Teste de Aptidão Física – TAF não é uma fase impossível. Basta se preparar e prestar atenção a todas as dicas possíveis. 

Além disso, ainda que se trate de uma fase eliminatória do concurso, há várias situações que devem ser observadas pelos candidatos. 

Isso porque, caso haja a eliminação, algumas circunstâncias podem levar a aplicação de recursos ou de ação judicial, que assegurem a vaga do candidato ao tão sonhado cargo público.

Por fim, se tiver mais dúvidas ou problemas relacionados ao TAF nos concursos públicos, recomendo que fale com um advogado especialista.

Agnaldo Bastos
Agnaldo Bastos

Advogado especialista em ajudar candidatos de concursos públicos que sofrem injustiças e, também, servidores públicos perante atos ilegais praticados pela Administração Pública, atuando em Processo Administrativo Disciplinar (PAD) e em Ações de Ato de Improbidade Administrativa.

Leia mais artigos

Acompanhe nossas redes sociais

8 respostas

  1. Boa noite dr. prestei o concurso para gari da comlurb no ano de 2014 e fui aprovado em todas as etapas, na ocasião a empresa havia ofertado 100 vagas, fiquei na posição 630 porém eles convocaram 449,gostaria de saber se ainda tenho alguma chance de ser chamado com a sua ajuda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja bem-vindo(a)! Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa Política de Privacidade, por isso convidamos você a conhecê-la: acesse aqui.