Concursos públicos com os melhores salários: conheça os principais

Concurso Sejus 2023

Além dos benefícios que a carreira oferece, saber quais são os concursos públicos com melhores salários sempre é considerado pelos candidatos.

Por isso, neste artigo, abordo os principais cargos e seus salários, tanto no nível médio quanto superior. Conheça agora as suas oportunidades!

Quais são os níveis de Concurso Público?

De modo geral, dentro dos concursos públicos existem vagas de nível fundamental, médio e superior.

As exigências dependem diretamente do nível de conhecimento que o cargo exige e por isso, alguns pedem formação específica e prova de títulos.

O nível do certame também influencia diretamente na remuneração, quanto maior a formação, maior o salário.

São exemplos de cargos de nível fundamental: motorista, porteiro, auxiliar de serviços gerais, merendeira e agente comunitário de saúde.

Veja, agora, mais detalhes sobre os certames de nível médio e superior.

Concurso público de nível médio

Os concursos de nível médio oferecem vantagens interessantes a quem não tem formação superior.

A primeira é a possibilidade de encontrar salários iniciais bem atrativos.

A segunda é que uma formação técnica abre mais portas, já que alguns cargos pedem conhecimentos específicos. 

São exemplos de cargos de nível médio: oficial judiciário, assistente administrativo e técnico legislativo.

Concurso público de nível superior

Os cargos de nível superior são os que possuem os maiores salários e também, a maior barreira de entrada.

Os concursos de nível superior podem exigir ou não, uma formação específica, e às vezes vem acompanhada da necessidade de comprovação de títulos.

Outra possibilidade é prestar concursos de nível médio. Ou seja, as oportunidades se ampliam com a possibilidade de tentar os 2 níveis.

Fale agora com um especialista sobre seu caso.

Como escolher o melhor Concurso Público?

O melhor concurso público é aquele que vai te proporcionar uma vaga que esteja alinhada com os seus objetivos de vida e sobretudo, sua personalidade.

É inegável que as vantagens da carreira pública são muitas, mas acredite, para algumas pessoas essa ‘estabilidade’ pode se tornar uma prisão.

Pense na sua vida profissional para além do dinheiro no final do mês. 

Coloque sua realização pessoal na mesa, seus prazeres, se conheça. E só então decida qual cargo é perfeito para você.

Existem muitas possibilidades de áreas, cargos, rotinas e localidades. E está tudo bem se você concluir que cargo público não é para você.

Seja como for, é preciso garantir que você estará feliz e realizado. 

Só assim você realizará um bom trabalho e continuará crescendo tanto pessoal quanto profissionalmente.

Quais são os concursos públicos e cargos com maiores salários

É verdade que as carreiras públicas oferecem salários bem altos se comparados com a rede privada, mas alguns se sobressaem.

No caso do Senado Federal, surgem vagas interessantíssimas para quem busca altos salários no nível médio e superior.

Isso porque as vagas de técnico-legislativo (nível médio) pagam salários entre R$ 16 mil e R$ 19 mil. Já para nível superior, um consultor legislativo chega a ganhar R$ 23 mil por mês.

Na câmara dos deputados, os valores são parecidos. Para o cargo de (nível médio) técnico-legislativo, o salário parte de R$ 12 mil. Já para os cargos (nível superior) de analista e consultor, o salário ultrapassa R$ 25 mil por mês.

Outros órgãos que pagam salários notórios são: Receita Federal, Ministério Público da União, o Banco Central, Tribunal de Contas da União e a Advocacia-Geral da União.

Fale agora com um especialista sobre seu caso.

Salário de concursos da Área Policial

Essa é uma das áreas mais cobiçadas e não é à toa. Há oferta tanto para nível médio quanto superior. 

Dentro da área policial, você pode se tornar inscrito, agente, perito criminal, delegado e papiloscopista policial.

  • Para o cargo de Delegado de Polícia, que exige formação superior, o salário chega a R$ 20.724.

Para o cargo de Agente de Polícia, o escrivão que exige apenas o nível médio, o salário chega a R$ 12 mil. Saiba mais: 

Salário de concursos da Área Administrativa

Todo órgão precisa ser administrado, logo, os concursos da área administrativa podem ser encontrados em diversos setores.

O salário de um assistente administrativo (nível médio) em São Paulo, fica próximo a R$ 2.100 por mês.

Enquanto isso, no Banco Central, um técnico-administrativo (também de ensino médio), ganha cerca de R$ 6 mil. 

Para um procurador (cargo de nível superior) no mesmo órgão, é pago R$ 15 mil.

Salário de concursos da Área Jurídica

Na área jurídica há os cargos de advogados, delegada, Defensor Público, juiz, procurador e promotor.

No cargo para a Advocacia Pública, os salários vão de R$ 1.700 na esfera municipal, até R$ 35 mil na federal.

Nessa área, os cargos com vencimentos mais altos são para Desembargadores, chegando a R$ 30 mil reais, fora os benefícios e eixos que inflam esse valor.

Salário de concursos da Área Fiscal

Os salários dos setores fiscais federais também são robustos. 

Para um Analista da Receita Federal, por exemplo, gira em torno de R$ 16 mil reais e para Auditor Fiscal, cerca de R$ 27 mil.

Na esfera estadual os números também são animadores. No DF, por exemplo, podem ser encontrados salários iniciais de R$ 14,9 mil para Auditor Fiscal.

Ainda sobre os cargos estaduais, no ISS do Rio de Janeiro um Fiscal de Rendas pode receber até R$ 23 mil com 5 anos de experiência e R$ 40 mil para 10 anos ou mais no cargo. 

Para essa vaga, é necessário formação superior em qualquer área.

Fale agora com um especialista sobre seu caso.

Conclusão

Benefícios, regalias, estabilidade, prestígio. Tudo isso, somado aos salários atrativos, saltam aos olhos dos candidatos.

Por isso, é interessante conhecer as remunerações e quais valores elas podem chegar. Assim você pode perseguir a vaga que julgar mais interessante.

Continue acompanhando os conteúdos do blog e saiba mais sobre as carreiras públicas.

Agnaldo Bastos
Agnaldo Bastos

Advogado especialista em ajudar candidatos de concursos públicos que sofrem injustiças e, também, servidores públicos perante atos ilegais praticados pela Administração Pública, atuando em Processo Administrativo Disciplinar (PAD) e em Ações de Ato de Improbidade Administrativa.

Leia mais artigos

Acompanhe nossas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nossos informativos no seu celular

Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa Política de Privacidade, por isso convidamos você a conhecê-la: Política de Privacidade

Seja bem-vindo(a)! Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa Política de Privacidade, por isso convidamos você a conhecê-la: acesse aqui.

Cadastre-se para receber nossos informativos gratuitamente.