Entenda a diferença entre concurso e seleção simplificada

Entenda a diferença entre concurso e seleção simplificada

Se você ficar de olho nos editais, com certeza, deve querer entender a diferença entre concurso e seleção simplificada. Afinal, algumas vagas são de concursos públicos, mas outros de processos seletivos.

Há algumas diferenças entre eles, portanto, é importante saber para que você não seja pego de surpresa. Especialmente, quando a questão da tão sonhada estabilidade na carreira profissional.

Hoje, vou mostrar quais são as diferenças entre o concurso e a seleção simplificada. Por isso, continue acompanhando e saiba qual o melhor tipo de exame para você. 

Entenda o que é um concurso público

Essa é uma forma encontrada pelo Estado Brasileiro para preencher os cargos no poder público. Portanto, as pessoas devem estar bem preparadas, pois há um exame para fazer a seleção dos candidatos da maneira mais justa possível.

Essa modalidade de ingresso na carreira pública está prevista no artigo 37 da Constituição Federal. Mas existem também outras leis complementares.

De forma obrigatória, todo concurso público deve ter pelo menos uma prova escrita, sendo ela dissertativa ou objetiva

Entretanto, há outras provas mais práticas, avaliações de títulos e testes físicos que poderão ser realizados. Mesmo não sendo obrigatórios, porém, muitos órgãos solicitam, especialmente para os cargos que demandam mais esforço físico, como a polícia, por exemplo.

Quando um candidato passa em um concurso público ele é avaliado por suas ações como servidor, essa condição é denominada estágio probatório. Normalmente, esse estágio dura, em média, 36 meses e, nesse período, o profissional será avaliado por seus superiores e demais responsáveis.

Sendo assim, caso o candidato não tenha o perfil esperado ele pode ser desligado do cargo. Geralmente, isso ocorre se ele descumpre as regras do órgão ou não faz o seu trabalho com qualidade.

Caso contrário, se o indivíduo cumprir todas as suas demandas com excelência, ele é efetivado. Somente então ele ganha toda a estabilidade tão sonhada e só é mandado embora se alguma falta grave acontecer.

Entenda o que é a seleção simplificada

Em casos de necessidade temporária para suprir alguma demanda é que ocorre a seleção simplificada. Portanto, esse tipo de contratação é para suprir uma necessidade temporária, devido à alta demanda no setor.

Entretanto, ao contrário do concurso público, em uma seleção simplificada não existe um estágio probatório. 

Isso porque quando a pessoa é aprovada, o contrato dura, em média, entre seis meses a um ano, com exceção de casos bem específicos. Quando o prazo se encerra, você não terá mais nenhum tipo de vínculo com aquele órgão.

Agora, você já deve estar curioso para saber a diferença entre concurso e seleção simplificada. Então, vou mostrar como a segunda opção funciona. 

Em primeiro lugar, entenda que a administração de qualquer órgão público é algo bem complexo, portanto, requer muita responsabilidade.

Em função dos órgãos públicos terem muita demanda que vem por parte da população, em alguns momentos, é necessário que haja maior quantidade de pessoas trabalhando nessa área. Veja agora mais detalhes.

Principais diferenças entre concurso e seleção simplificada

Agora que você já conhece o que é um concurso público e uma seleção simplificada, vou mostrar suas principais diferenças. Veja:

O concurso público oferece estabilidade para o funcionário que passa pelo processo de estágio probatório até a sua aposentadoria. Mas é preciso tomar cuidado para não fazer nada de errado e ser mandado embora.

Entretanto, na seleção simplificada não há nenhum tipo de estabilidade profissional ou financeira. Por outro lado, é uma função versátil e ágil, tanto na contratação como na demissão.

Algo que o concurso público não consegue realizar. Além disso, o processo seletivo conta como experiência profissional.

O concurso público é mais concorrido que o processo seletivo. Isso se deve a tão sonhada estabilidade no trabalho e aos cargos que pagam mais.

Exemplo de concurso e seleção simplificada

Imagine que uma escola pública da Prefeitura Municipal da sua cidade tenha vinte professores. Pouco antes de o ano letivo começar, um professor adoeceu, outro pediu licença por motivos pessoais e uma professora está grávida. 

Neste caso, a escola teria um déficit de três professores que ela precisa resolver de forma provisória e com urgência. Afinal de contas, os alunos não podem ficar sem estudar.

É importante lembrar que a expectativa inicial é a de que os três professores voltem após certo tempo. 

Portanto, a contratação necessária será provisória, apenas até todo mundo regressar. Para isso, é indicado que a Prefeitura Municipal realize um processo seletivo com três vagas de professores, com início imediato.

Agora, imagine que a prefeitura fez o processo seletivo e que os professores foram contratados de forma temporária. 

Então, chega o final do ano e a professora que estava grávida já voltou, assim como o professor que pediu licença. Infelizmente, quem estava doente acabou morrendo e, além disso, outro professor anunciou que vai se aposentar.

Nesta situação, como existem duas vagas abertas que não serão preenchidas por conta de uma morte e de uma aposentadoria, é necessário que haja a realização de um concurso público, com pelo menos, duas vagas para professores.

Mas isso quer dizer que o número de concursados é sempre o mesmo? Nem sempre. Vamos seguir com o exemplo da escola:

Imagine que o edifício da escola fosse ampliado porque a população da cidade cresceu. Agora, tendo mais salas e mais alunos, a demanda de profissionais aumentou de forma efetiva. 

Sendo assim, um concurso teria que ser feito para contratar o número necessário de professores para dar as aulas. Fácil, não é mesmo?

Conclusão

Depois desses exemplos temos certeza de que você virou perito em saber a diferença entre concurso público e processo seletivo simplificado

Daqui para frente, toda vez que sair uma matéria nova sobre um concurso público e tiver escrito “concurso público” ou “processo seletivo” você já vai saber exatamente se a notícia atende suas necessidades de momento.

Ficou alguma dúvida sobre o que é concurso e seleção simplificada? Fique atento aos editais e saiba qual tipo de vaga atende melhor a sua necessidade.

Compartilhe essa informação com um amigo.

Agnaldo Bastos
Agnaldo Bastos

Advogado especialista em ajudar candidatos de concursos públicos que sofrem injustiças e, também, servidores públicos perante atos ilegais praticados pela Administração Pública, atuando em Processo Administrativo Disciplinar (PAD) e em Ações de Ato de Improbidade Administrativa.

Leia mais artigos

Acompanhe nossas redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nossos informativos no seu celular

Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa Política de Privacidade, por isso convidamos você a conhecê-la: Política de Privacidade

Seja bem-vindo(a)! Ao navegar em nosso site você concorda com a nossa Política de Privacidade, por isso convidamos você a conhecê-la: acesse aqui.

Cadastre-se para receber nossos informativos gratuitamente.